Infertilidade Feminina: Causa, Diagnóstico e Tratamento

A dificuldade de engravidar depois de um ano tentando pode assustar muitos casais, visto que isso é um forte indicativo de que um dos dois carrega a infertilidade. Nesse caso, você não precisa desistir do sonho de ter um filho nos braços: o ideal é procurar um ginecologista e fazer testes que diagnosticarão a causa da infertilidade e tratá-la. Quer saber mais sobre o assunto? Continue sua leitura.

Causas da infertilidade feminina

Conheça as principais causas da infertilidade feminina, e porquê ela assusta tanto as mulheres quando não estão conseguindo engravidar, mas logo alertamos mantenha a calma, hoje em dias existem uma serie de tratamentos e opções caso esse mau lhe aflija, continue lendo e confira quais as suas principais causas, diagnóstico, tratamento e muito mais.

Infertilidade feminina

A Infertilidade feminina e mais comum que se imagina, mas calma, não precisa desesperar-se, já existem tratamentos capaz de superá-la em grande parte das vezes.

Óvulos e ovulação

A produção de óvulos deficientes e de pouca qualidade, síndrome de ovários policísticos, anovulação (inexistência de ovulação), desequilíbrios hormonais (como a hiperprolactinemia ou falta de progesterona) e problemas na tireóide – que afetam diretamente o equilíbrio hormonal – se encaixam nas causas de infertilidade relacionadas aos ovários e à ovulação. Nesse caso deve ser feito um teste de ovulação.

Tubas de Falópio e canal endocervical

Nessa categoria, se encaixam doenças que promovem obstrução tubária, impedindo que o espermatozóide encontre o óvulo após ele ser liberado. É o caso da endometriose, doença crônica causada pela inflamação causada por células do endométrio, e das infecções pélvicas, que frequentemente não tem sintomas e cuja inflamação pode causar problemas nas tubas. O muco cervical, na fase fértil do ciclo menstrual, toma uma consistência diferente para permitir a passagem dos espermatozóides. Alterações hormonais podem alterar a secreção desse muco, ou ainda cauterizações no colo do útero e cirurgias para câncer nessa região.

Fertilização

Os problemas de fertilização existem especificamente no encontro do espermatozóide e do óvulo, que podem não acontecer devido a defeitos genéticos ou morfológicos das células. Certas situações maximizam esse tipo de problema, como medicamentos tóxicos e exposição à radiação.

Nidação

Aqui se encaixam as causas relacionadas à implantação do embrião no endométrio, que podem ocorrer devido a falhas hormonais que não produzem um endométrio favorável a gravidez, como no caso de hiper ou hipoplasia (em que o endométrio reage exageradamente, produzindo pólipos, ou cresce pouco), endometrites (infecções do endométrio), malformações uterinas (como o útero bicorno ou septado) e ainda miomas.

Diagnóstico

O diagnóstico depende bastante do seu histórico de saúde, que poderá dar indicações do que exatamente está causando sua infertilidade. O médico pode requerer uma ultrassonografia, ressonância magnética da pelve, exames de sangue para medição das doses hormonais, histerossalpingografia (exame de contraste para examinar o útero e as tubas) ou ainda a biópsia de endométrio. Esses exames permitem diagnosticar com precisão o que está ocasionando a infertilidade, a não ser quando sua causa é desconhecida. Tanto homens e mulheres podem não apresentar nenhuma anomalia no sistema reprodutor e mesmo assim ainda não conseguirem uma gravidez.

Infertilidade feminina causas

Diversas podem ser as causas da infertilidade feminina, caso tenha dificuldade para engravidar mesmo tentando, procure um médico ele poderá fazer exames precisos e recomendar o melhor tratamento.

Tratamento

O tratamento, dependendo do que estiver afetando a fertilidade, costuma ser multidisciplinar. No caso de anovulação, é possível usar indutores de ovulação. Já desequilíbrios hormonais podem requerer tratamento com outro tipo de medicamento, indicado pelo ginecologista. Algumas ocorrências da infertilidade podem requerer intervenção cirúrgica, como a obstrução das trompas ou pólipos no útero. A endometriose é uma doença crônica e não possui cura, mas é possível fazer tratamentos específicos para caso se busque engravidar. Apesar de tudo, em muitos casos é possível, ainda, fazer inseminação artificial ou fertilização in vitro, por isso não se pode desistir por conta desse obstáculo.

Homens também não estão livres do problema da infertilidade, mesmo raros os casos, existem homens com problemas de infertilidade masculina, apesar de ocorrer em menor número do que a feminina. Em quase todos os caso o problema começa ser analisado por parte da mulher, porém ela pode estar totalmente fertil e o problema ser com seu companheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *