Uma gravidez é considerada de risco quando existe qualquer doença ou condição da gestante que possa prejudicar a formação do feto ou levar à morte materna ou do bebê. A Gravidez de risco deve ser acompanhada de perto por especialistas e a gestante deve seguir todas as orientações que receber, de modo a minimizar os perigos de má formação ou aborto do feto, ou complicações para a grávida.

Gravidez de Risco
Gravidez de Risco

Gravidez de risco, como previnir?

Para quem ainda não está grávida, mas pretende estar no futuro, o ideal é fazer uma bateria de exames para garantir o melhor de sua saúde. Exames cardíacos, renais e hepáticos devem ser feitos, além de um exame ginecológico completo, incluindo o exame preventivo de câncer de colo de útero, ultrassonografia e, dependendo da idade, mamografia para estudar as condições dos seios. Também são pedidos exames de urina, parasitológico de fezes, hemograma completo e RH. Além disso, se fazem as avaliações sorológicos de sífilis, AIDS, toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus, hepatites e alguns outros se necessário.

Exame de Gravidez Ultrassom
Exame de Gravidez Ultrassom

Esses exames são feitos quatro meses antes de se engravidar, já que ainda há tempo de tratar e até curar a toxoplasmose, citomegalovírus, sífilis e de fazer a imunização de rubéola na gravidez ou hepatite B, a fim de evitar problemas para o feto. Do quarto mês em diante, o risco que essas doenças oferecem diminuem.

Diagnóstico

Caso já esteja grávida, é ideal que seu médico saiba de algumas condições que podem prejudicar o bebê: diabetes, hipertensão, presença de alguma das doenças citadas acima, gravidez anterior com algum problema, cirurgia uterina anterior, intervalo entre partos menor que dois anos, presença de condições genéticas em ambos os pais etc. Caso você não apresente nenhum desses quadros, mesmo assim pode-se ter uma gestação de alto risco caso apresente idade menor que 16 anos e maior que 35, e ainda caso note os seguintes sintomas:

Diagnostico Gravidez de risco
Ao sentir qualquer um dos sintomas abaixo listados, a gestante deve procurar imediatamente o seu médico.
  • Sangramentos vaginais intensos
  • Dor quando urina
  • Inchaço súbito do corpo
  • Decréscimo da atividade fetal
  • Contrações antes da hora
  • Tonturas muito frequentes
  • Batimento cardíaco elevado repentinamente
  • Desmaios

Quando observado um ou mais desses sintomas, o ideal é procurar o médico obstetra imediatamente, para que seja diagnosticado e tratado o problema antes que evolua para uma complicação maior. A gravidez também se torna de risco quando os sintomas geralmente usuais da gravidez – enjôos, cansaço, vômito e tonturas – se tornam demasiado intensos. Isso debilita a saúde da mãe e no caso dos vômitos, pode até causar desidratação, levando à internação clínica.

Tratamento

Não existe um único tratamento específico para todas as gravidezes de risco. Conversando com seus médicos especialistas e obstetra, eles te indicarão os remédios mais adequados, a alimentação e as ações que devem ser realizadas para diminuir os perigos, seja para o bebê, seja para você, gestante. O ideal é que se procure um médico o quanto antes, melhor ainda se antes mesmo da gravidez, de modo a prevenir e minimizar complicações que poderiam vir a acontecer por conta de doenças ou condições da gestante. Lembre-se: antes prevenir do que remediar!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

NO COMMENTS

Leave a Reply