Dramin B6: Bula, Indicações, Contraindicações e Mais.

Frequentemente, as bulas oficiais dos medicamentos são tão complexas que o usuário leigo frequentemente não sabe exatamente como o remédio funciona. Durante a gestação é especialmente importante entender do que se trata o medicamento, já que é uma fase tão delicada e que requer todo tipo de cuidado possível, não se podendo fazer uso de qualquer substância. Esse artigo fala especificamente de Dramin B6, um medicamento indicado para tratar vômitos e náuseas na gravidez. Quer saber mais? Continue lendo.

Dramin B6

Dramin B6

Como age o Dramin B6

Um dos principais componentes de Dramin B6, o dimenidrinato, é um sal cloroteofilado. Ele tem ação anti-histamínica, ou seja, inibe a ação de histaminas que auxiliam em processos de inflamação no organismo e diminui a função labiríntica hiperestimulada, o que quer dizer que ele age diminuindo a pressão de quem está realizando o tratamento. Para diminuir os vômitos e enjôos da gravidez ele age ainda melhor quando seu uso é associado à vitamina B6.

Por último e não menos importante, a piridoxina, o outro componente do medicamento, age diretamente no metabolismo realizado no fígado impedindo a formação de substâncias tóxicas advindas da síntese de proteínas.

Indicações

É indicado para tratar náuseas e vômitos, seja na gravidez, como prevenção em situações específicas – viagens por meio que cause enjoo, tratar náuseas e enjoos advindos de problemas no sistema vestibular e labirintitese, que é a parte do ouvido responsável pelo equilíbrio, para diminuir sintomas resultantes de tratamentos com radioterapia e ainda tratar vômitos e náusea causados por reações às anestesias no pré e pós operatório.

Contraindicações

Não deve ser usado por recém nascidos ou por quem tenha alergia à algum componente da fórmula.

Posologia e Bula do Dramin B6

No caso dos comprimidos, adultos e adolescentes maiores de doze anos podem tomar de 1 a 2 comprimidos (equivalentes a 50 ou 100mg) a cada quatro horas, sem ultrapassar oito comprimidos em vinte e quatro horas de tratamento. Crianças a partir dos dois anos ou com menos de doze anos, devem tomar a solução oral com uma gota a cada quilo de peso a cada seis horas. A posologia pode mudar de acordo com a receita médica e deve seguir tais quais as orientações do especialista.

Confira a Bula do Dramin B6 clicando aqui!

Reações adversas

Dramin B6 tem poucos efeitos secundários, sendo que os mais comuns incluem sonolência e sedação, a intensidade variando de indivíduo para indivíduo. Em casos mais raros, podem ocorrer: tontura, visão turva, insônia, boca e garganta secas, secura das vias respiratórias e ainda retenção de urina. Nesses casos, procure seu médico imediatamente e interrompa o tratamento.

Advertências

Por conta da sonolência que o remédio causa, é preciso cuidado com situações que requerem extrema atenção como dirigir e manejar máquinas. Dramin B6 tem interação medicamentosa com álcool e tranqüilizantes, sendo melhor não associar seu consumo, e pode mascarar sintomas de medicamentos tóxicos. Dramin B6 não é recomendado a pacientes asmáticos, portadores de glaucoma e enfisema ou a doenças pulmonares, e quando receitado os mesmos devem ser observados durante o tratamento.

Superdosagem:
Causa frequentemente sonolência e não tem antídoto. Deve-se manter as funções vitais sob controle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *