Dor de Dente na Gravidez

Dor nas costas, inchaço, enjoos, mudanças de humor… A maioria das grávidas gostaria de poder dizer que já chega, mas sempre pode existir algum novo sintoma que acaba por trazer preocupação. Esse é o caso da dor de dente na gravidez, que não poderia aparecer em pior hora, mas por mais inofensiva que seja, deva ser olhada com cuidado. Qualquer medicação que não tenha passado pelo seu obstetra está vetado, então é importante consultar o médico sobre isso mesmo que a vontade deixar pra lá seja maior. Para saber mais, continue a ler.

Dor de dente na gravidez

Dor de dente na gravidez

O que causa a dor de dente na gravidez?

Diferentes fatores podem causar a dor de dente, independendo da gravidez. É o caso de cáries, nervos sensíveis, inflamação do mesmo ou até quando um alimento fica preso entre os dentes. As mudanças hormonais que ocorrem na gestação, além de diversos outros sintomas desagradáveis, também podem causar sensibilidade e sangramento nas gengivas, já que há maior circulação de sangue na área, e consequentemente causar sensibilidade nos dentes. O mais importante é não se desesperar, buscar aliviar a dor e procurar um dentista o mais rápido possível para tratar o que for necessário.

Confira também:

Saúde oral na gravidez

Algumas doenças que atingem a boca e os dentes podem acontecer durante a gravidez e serem prejudiciais para o feto. É o caso da periodontite, gengivite gravídica e granulona piogênico.

Periodontite – Acontece quando a inflamação das gengivas não é tratada, fazendo com que o quadro infeccioso atinja os ligamentos e ossos que sustentam os dentes dentro da boca. Isso pode causar amolecimento dos dentes e até mesmo sua queda. Entre os sintomas estão mal hálito e gengivas avermelhadas, brilhantes e sensíveis. Gestantes com periodontite podem transmitir os microorganismos através da placenta e sofrerem aborto espontâneo ou parto prematuro.

Gengivite gravídica – A gengiva de gestantes está mais vascularizada, deixando-a propensa a sangramentos. Se houver placa bacteriana por conta de má higiene bucal, essas bactérias irão causar um processo inflamatório nas gengivas que poderão progredir para periodontite se não tratadas adequadamente. Os sintomas são gengivas avermelhadas e inflamadas.

Granuloma piogênico – Trata-se de um crescimento anormal de pele e vasos sanguíneos que pode ocorrer dentro da boca ou em outros locais do corpo que tiverem sofrido lesões. Podendo ser indolor, essa massa pode sangrar frequentemente e com facilidade. É mais frequente em mulheres, acredita-se, por causa da oscilação hormonal frequente. O tratamento inclui remoção cirúrgica.

Como aliviar?

Analgésicos só podem ser receitados pelo dentista ou obstetra, mas você pode seguir algumas medidas caseiras para diminuir temporariamente a dor enquanto não está em tratamento.

  • Faça uma compressa gelada. Deite-se de lado, deixando o dente afetado para cima, e coloque uma compressa fria na face com a mão sobre ela, fazendo pressão.
  • Bocheche água salgada. Misture um pouco de água morna a um pouco de sal e bocheche com cuidado. A medida livrará sua boca de possíveis bactérias e pode auxiliar na diminuição da dor.
  • Se a dor for causada por sensibilidade, prefira alimentos com temperatura mais amena e textura fácil de mastigar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *