Diabetes Gestacional: Sintomas, Causa e Tratamentos

Gerar uma criança é o sonho de muitas pessoas, mas a gestação sempre envolve riscos. Isso não impede que a gravidez seja um objetivo de muitos casais, mas é importante fazer de tudo para evitar o aparecimento de certas doenças graves que se manifestam na gestação – uma delas é a diabetes gestacional. Saiba mais sobre os sintomas e causas dessa doença, que pode vir a perturbar seriamente sua gestação.

Diabetes gestacional: O que é?

É caracterizada como diabetes gestacional quando o sangue apresenta elevadas taxas de glicose, a chamada hiperglicemia, durante a gravidez. A diabetes em si é uma doença que afeta a absorção de glicose pelas células, fazendo com que ela continue no sangue. A diabetes gestacional surge depois da metade da gravidez e costuma desaparecer naturalmente após o nascimento.

Diabetes Gestacional

A Diabetes Gestacional e mais comum que muitas pessoas pensão, e ocorre por causa do aumenta de glicose que o corpo solicita ao pancreas nessa período.

Causas e fatores de risco

A insulina é produzida pelo pâncreas é ela a responsável pela entrada de glicose (açúcar) nas células vinda dos alimentos. Durante a gravidez, como o feto tem grande necessidade de glicose, a placenta libera diversos hormônios com ação anti-insulínica para que mais glicose fique disponível na corrente sanguínea. Conforme o feto cresce, maior é a necessidade de glicose, fazendo com que o pâncreas chegue a produzir até 50% mais insulina até o fim da gravidez para evitar a hiperglicemia.

Em certas gravidezes, o pâncreas não tem essa capacidade e não produz insulina a mais, gerando a diabetes gestacional. Ainda não se sabe porque algumas pessoas têm este problema. Alguns fatores de risco para o aparecimento dessa doença são:

  • Diminuída tolerância à glicose;
  • Glicemia em jejum alterada antes de engravidar;
  • Gestações anteriores com bebês com mais de 4kg;
  • Bebê natimorto ou aborto espontâneo em gestação anterior por motivo inexplicável;
  • Histórico familiar de diabetes;
  • Hipertensão;
  • Ter tido pré-eclâmpsia ou eclâmpsia.

Sintomas da diabetes gestacional

O problema dos sintomas da diabetes é que eles também são ocasionados pela gravidez normalmente. Exemplos:

  • Aumento da fome;
  • Visão turva;
  • Aumento da vontade de fazer xixi;
  • Boca seca;
  • Aumento da sede;
  • Cansaço físico.

Como afeta a gravidez?

O excesso de açúcar no sangue irá atravessar a placenta e atingir o feto, fazendo com que ele cresça mais e ganhe muito peso. Isso dificulta o parto e aumenta as chances de cesariana. Além disso, o bebê pode vir a ter icterícia, hipoglicemia e problemas respiratórios após o nascimento.

Diagnóstico

Dificilmente você saberá, sem um exame de sangue, que tem diabetes. Durante o pré-natal, o obstetra pode pedir o exame de glicemia em jejum para rastrear a diabetes, e depois entre a 24ª e 28ª semana deve se fazer um exame de curva glicêmica, se já apresentar risco.

Tratamento

O tratamento consiste basicamente em manter o controle dos níveis sanguíneos de glicose. Isso deve ser feito através da manutenção de hábitos alimentares saudáveis e exercícios, mas quando isso não resolve o problema, pode ser necessária a aplicação de insulina. Se não for controlada, o parto chega a ser induzido até uma semana antes da data natural, para evitar o crescimento excessivo do feto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *