Como Aumentar o Leite Materno

Amamentação é uma coisa muito séria, que garante alimento nutritivo e rico em anticorpos para o bebê desde seu nascimento até o quanto as mamas produzirem leite. Mesmo assim, há sempre mães que encontram problemas nessa tarefa, como a produção de pouco ou nenhum leite, ocasionando um bebê que não ganha peso e chora de fome. Antes de apostar no leite artificial, que acaba sendo a única saída nesse caso, ainda vale à pena tentar algumas técnicas na busca de estimular a produção de leite. Quer saber mais? Continue a ler.

Dicas de como aumentar o leite materno

Separamos algumas dicas e cuidados para você que precisa aumentar a produção de leite materno para o seu bebê, em caso de maiores dicas sempre recomendamos você consultar o seu médico para lhe dar uma melhor sugestão, então vamos logo as dicas:

como aumentar o leite materno

Simples dicas de como aumentar o leite materno

Observe seu bebê

Antes de qualquer coisa, é preciso ter certeza que não é só você que acha que o pouco leite é um problema, mas também o bebê. Os três indicadores principais de um bebê que mama bem são a quantidade de urina, o ganho de peso e a textura das fezes. Bebês que urinam mais de seis vezes por dia, apresentam ganho de peso e tamanho adequados e tem fezes pastosas estão sendo bem alimentados. Se seu bebê já é alimentado com leite artificial, é possível que suas fezes sejam mais secas.

Procure um especialista

Ele avaliará se há algum problema físico ou psicológico que está te impedindo de produzir leite e entregá-lo ao seu filho, ou ainda se a pega na mama não está correta ou o bebê recém nascido tem alguma dificuldade anatômica. Quando é o caso, ele pode te recomendar tratamento com medicamentos ou acompanhamento de um psicólogo. Converse com seu ginecologista para ter certeza que seu anticoncepcional não está interferindo no processo.

Procure um especialista

Procure um especialista, pois ninguém melhor que ele poderá lhe dizer o que fazer nessas ocasiões e o que e o melhor para você e o seu bebê.

Evite chupeta e leite artificial

A não ser quando o leite artificial é necessário, seu uso pode dificultar a amamentação. O bebê se sacia mais rápido e passa a sugar menos o seio, não estimulando a mama completamente. O uso de chupetas também pode fazer o bebê não sugar o seio com tanta frequência.

Ordenhe seu leite

Seja com as mãos ou com uma bomba de sucção, é importante ordenhar os seios entre as mamadas para garantir estímulo e esvaziamento da mama. Além disso, quando bem guardada, a quantidade poderá ser doada para um banco de leite humano ou oferecida ao seu bebê na sua ausência.

Faça compressas mornas

Antes de dar de mamar, experimente embeber um tecido macio em água morna e colocar sobre as mamas, massageando-as em formato circular. Isso previne o empedramento do leite, além de estimular sua saída. Também pode ser feito ao longo do dia.

Dê a mama sempre que o bebê pedir

Mesmo que ele não esteja com fome, o sugar da mama agirá como estímulo para a produção de leite. Além disso, o contato através da pele gera segurança e conforto para o bebê, que às vezes só quer um pouco de colo.

Nunca negue de dar de mamar ao bebê

Nunca negue de dar de mamar ao bebê

Alimente-se e durma bem

Provavelmente isso não interfere de forma direta na produção láctea, mas sim na sua saúde como um todo. Alimente-se de forma equilibrada, bebendo bastante água, e descanse o máximo possível – a prolactina, hormônio que estimula a produção de leite, é liberada principalmente durante a noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *