Bebê Chorando – Choro de bebê o que pode ser?

Na hora de voltar do hospital após o parto tudo parecem flores, até que os pais se lembrarem que o recém nascido só tem um jeito de se comunicar: chorando. Quando o bebê está chorando, chega a bater aquele desespero: será que está com dor? Precisa trocar a fralda? Está com fome? Identificar o choro do bebê ao invés de despertar desespero e angústia nos pais, deve ser um exercício de paciência e sensibilidade. Há vários motivos para seu bebê estar chorando, saiba como identificar e lidar com eles.

Principais causas do bebê chorando

São muitas as causas que podem despertar o choro do bebê, e para os pais é sempre um desafio decifrar o que está ocorrendo com o seu pequeno no momento, podendo ser um desconforto interno, uma fralda suja, um pedido de alimento, dentre vários outros motivos. Confira abaixo a lista dos principais motivos para despertar o choro ao neném.

Bebê Chorando

Bebê Chorando

1. Fralda suja
Esse é o mais fácil de verificar, se for o caso. É só inclinar um pouco o bebê para a frente e afastar um pouco a fralda, ou se preciso deitá-lo sobre uma superfície e abrir a fralda. Quando é preciso trocar a fralda e isso está incomodando a criança, ela geralmente pode ter um choro mais fraco embora estridente.

2. Cólicas ou dor de barriga
Para identificar esse desconforto, você deve observar os sinais que o bebê emite além do choro. Se ele encolhe e estica as pernas, acabou de mamar ou fica vermelho por causa do esforço em fazer cocô, pode ser sinal de desconforto gastrointestinal. Nesse caso, vale a pena consultar o pediatra para o uso de antigases e/ou substâncias para ajudar na digestão.

3. Fome
O estômago dos recém-nascidos é muito pequeno, o que faz com que eles precisem amamentar com tanta frequência. O bebê com fome costuma soltar gemidos, ficar inquieto ou colocar a mão na boca. Ofereça o leite, e mesmo que o bebê continue chorando, insista. Há a probabilidade que ele se acalme só depois de estar de barriga cheia.

Leia também sobre: Papinha para bebê aqui.

4. Arroto
Acabou de mamar? Se o bebê não arrotou, pode estar com um arroto “entalado” e isso está causando desconforto, fazendo com que ele chore. Isso ocorre especialmente se o bebê for deitado após se alimentar. Coloque-o na vertical e dê tapinhas leves nas costas.

5. Sono
Ao invés de simplesmente dormir, a criança precisa de certos estímulos para que isso aconteça. Geralmente, antes de chorar, ela já exibe outros sinais: coçar os olhos, se mostrar agitado ou irritado e ainda ficar com o olhar caído. O choro de sono é um choro “sentido”, nervoso, e talvez tudo que o bebê precise é que você diminua as luzes e o enrole em uma manta.

6. Calor ou frio
O choro de desconforto com a temperatura tende a ser copioso. Para saber se o bebê sente frio ou calor, sinta sua barriga: se estiver quente e suando, é calor, mas se estiver geladinha, é frio. Bebês Recém nascidos podem chorar por isso quando vão tomar banho, já que não estão acostumados a sentir a pele nua.

7. Colo
Depois de passar nove meses em um espaço escuro e quentinho, o recém nascido pode estranhar ser deixado em um espaço muito grande. Para se sentir seguro, só mesmo uma boa dose de colo carinhoso. Você também pode experimentar enrolá-lo em uma manta, de modo a acalmá-lo e ajudar que ele durma melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *